domingo, 20 de setembro de 2009

Para falar a verdade, melhor não falar...



Aos que de fora ficaram de todos os acontecimentos daqui de dentro, aplausos...


Há tanta nobreza em não se saber.


Há mais ainda em não se falar tudo o que se bole todo dentro da gente quando é só à gente que isso interessa.


Quanta inveja dos meus gatos, inveja dos meus cactos (das minhas flores não... Vivem fazendo fuxico com seus perfumes...), dos meus trevos...


Meus deuses! Dos meus trevos!!!






Infelizmente essa coceira na língua...

Ah essa coceira me destrói. Me faz pequena. Esse vício de se libertar do que em mim faz festa, faz choro e ranger de dentes, enquanto despejo sobre o outro partes carcomidas dos meus prazeres e aflições... Que Vício! Quanto mais eu tento, esconder tudo aquilo que só a mim me interessa, sempre tem o confidente que tem um confidente, e os outros envolvidos tem confidentes, que nada são além de complicadores para tudo que se tenta simplificar...


A palavra é mesmo uma desgraça.


Quanta beleza há em não se dizer!!!


Meus deuses, pra quê tantas palavras? Pra explicar, justificar, sintetizar o que não é possível...Tsc!!!


Seria tão mais fácil agir sem tanta filosofia barata ou cara... De quinta ou clássica... Tão mais fácil ser só você e... Você? Só você e o outro. Só você e o restante do mundo.


Sem espinhos nem magoas, nem justificativas a serem dadas, malditas justificativas destruindo o que você acreditou como verdadeiro. E reboliçando tudo de novo, retomando a Génese das complicações sem fim, só pra que uma infinidade de "ses" se entranhem em sua cabeça... E se eu tivesse... E se eu falasse... E se eu fizesse... E se eu?



Malditos sejam todos os ses!



Agora a nós, falas do nosso umbigo... Comunicadores de si, seja nas tramas navegáveis desse universo de exposições extravasadas, ou naquele cantinho da sala ou da praça, que buscam sempre seu lugar de silêncio, sua terra prometida dentro de si, Dou cá minha contribuição...


FALA- Fundação de Ajuda ao Lamurioso Anônimo.



Não façam doações. Apenas propaganda boca a boca. E nada de compartilhar, ok?



Calar teu vulcão as vezes pode ser tão digno...


Sejam luz.