quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

ora pois.

Ora! veja só se não é ela!
A incerteza mandando outras cartas.
Jogando sujo.

Ora... Se não há outro ás nesse baralho,
O que faço eu blefando?
 Espero o quê do meu adversário?

Tem dias que existir é uma piada de português.

.

Quis ser infinita hoje.



Ainda bem que o dia acabou.